Home
 
 

O prestígio dos vinhos da região de Lamego remonta ao século XVI e foi definitivamente consagrado com a produção dos espumantes Raposeira, empresa fundada há mais de 100 anos.

Estudos então realizados pelos seus proprietários na famosa região de Champagne, em França, e uma série de experiências levadas a cabo em terras lamecenses pelos mesmos permitiram criar a personalidade de alguns dos mais consagrados espumantes portugueses.

Lamego, terra de grandes pergaminhos e com lugar cativo na história de Portugal, foi, assim, terra-mãe deste néctar que foi buscar às castas originais de champagne a sua matéria prima mas que se afirmou como um produto de carácter bem nacional.

Ao longo dos tempos, a Raposeira conquistou uma posição sólida nos mercados graças à elevada qualidade dos espumantes produzidos. Essa qualidade valeu-lhe a liderança quase permanente do sector a nível nacional.

É com extremo cuidado, alto profissionalismo e um rigoroso controlo de qualidade que a Raposeira selecciona, transporta e vinifica as uvas.

Cada etapa de produção é acompanhada de perto pelos enólogos, cujo saber científico consolida um século de experiência acumulada.

A segunda fermentação efectua-se em garrafa segundo o método tradicional champanhês, ou método clássico. Assim, o vinho e os fermentos naturais desenvolvem um cuidadoso processo de evolução em que as condições de humidade, luz e temperatura são fundamentais.

As operações de “remuage”, “degorgement” e licorização, sempre pelas mãos de quem sabe, completam o processo de criação destes espumantes e dão-lhe o toque final de distinção.

Os espumantes Raposeira guardam o carácter intenso da região Beira-Douro, sublimam o sabor inconfundível dos seus néctares e são o fruto da persistência da sua gente.


Seja responsável. Beba com moderação.  
Home English Version Home